Para entrar na Área Restrita e visualizar todo o conteúdo do site faça o seu login:

Não tem login? Deixe o seu depoimento
Esqueceu a sua senha?

Depoimentos

1848. minha primeira vez com o amor da minha vida

Minha primeira vez foi com o amor da minha vida! Parece piegas, mas é verdade. Foi 2 anos para que o amor que existia em nós ser despertado . o primeiro beijo veio após 2 meses, antes íamos ao parque ele sentava e eu me encaixava entre suas pernas tenho certeza de sentir algo nas minhas costas, mas nós passávamos horas um pegando nos lábios do outro, ate que um dia ficamos uma semana sem nos vermos, ai quando o encontrei passamos horas abraçados, e eu dei um beijo em sua testa, outro em sua bochecha e enfim um em sua boca. Foi incrível, valeu a pena esperar o amor crescer para dar aquele beijo! Após, uns meses, fomos a um evento juntos e saímos dele as 6 da manhã, eu queria ficar perto dele e então fomos para sua casa, ele morava sozinho. Chegamos, tomamos café e depois deitamos em sua cama no melhor estilo conchinha, tive certeza nesse dia de que ele estava excitado. Eu senti algo nas minhas costas, e fiquei excitada de saber que ele me desejava. Então me virei e nos beijamos longamente e loucamente ... Depois eu sentia ele tremer de desejo Por mim, e ele acariciou meus cabelos, meu rosto e desceu até meus seios. Ele não aguentou e gemeu. Ele disse: são enormes e os abocanhou por cima da minha blusa mesmo. Depois a tirou devagar, e os beijou. Tao melhor quanto o beijo que me deu em meus lábios. Depois subiu e beijou meus lábios. E voltou a descer dessa vez até minha barriga. Enfim, ele começou a apertar meu bumbum e pressionar por cima. Eu comecei a ficar com medo, e disse para parar. Ele subiu me beijou e disse: amor calma não vai acontecer nada. E desceu, me debatida ao fato dele tirar a minha calça, nem sei se de medo ou de tesão. E então, ele beija minha calcinha por cima enquanto dedilha suas maos pela minha perna, passa os dedos nas laterais e sobe de novo. Então ele passou a mao por dentro da minha calcinha e desceu. Urrei! Acho que todos os vizinhos me escutaram. Ele beijou ela e nossa ele exigia que eu o visse, mandava eu abrir meus olhos e vê sua cara de prazer. Então, ele tirou sua calça ainda na premissa de que não iria acontecer nada. RE me implorou: beija ele. E eu beijei, um pouco sem geito e com nojo, mas tentei e não me acovardei. Depois de beijá_lo ele me beijou e colocou ele bem em cima da minha vagina, e se movimentava como se fosse por duma vez. Ao que eu gemia de dor e dipe medo a esse ponto eu não tinha certeza de que ia acontecer. Ele colocou a cabecinha bem devagar e gritou de prazer, nossa que apertadinha, molhadinha e quentinha.,. Delícia! E ia se aprofundando aos poucos, eu estava num misto de dor e prazer. Doeu muito e eu gritava, o mordi algumas vezes e o arranhei. Ele me perguntava: quer que eu pare, eu respondi: não, continua e ele num impulso coloco tudo de uma vez, uns 24 cm grosso e estupidamente duro dentro de mim e ele foi se movimentando descia subia me apertava me agarrava me engolia nos lábios e embaixo e ai gozamos, eu gozei na minha primeira vez. Somos casados há 4 anos, e fazemos amor 5 vezes por semana e a cada dia ele faz mais gostoso, ele sabe me conduzir ao prazer. Te amo meu pretinho tesudo! .

lili, gerente financeiro

Local onde aconteceu:
Goiânia

Sexo:
Feminino

Idade em que aconteceu:
17