Para entrar na Área Restrita e visualizar todo o conteúdo do site faça o seu login:

Não tem login? Deixe o seu depoimento
Esqueceu a sua senha?

Depoimentos

1695. Curiosidade de menina 2

Continuacao,
Naquela noite, apertei o pau dele, e tive uma sensacao maravilhosa, sentir o pau dele ficar duro mesmo com minhas maos sem toca-lo diretmante, massagei, ele ficando a cada momento mais duro, por baixo do cobertor via o volume aumentado sob seu calcao, percebi entao sua pele arrepiada, ele pousou sua mao suavemente sobre a minha, senti meu rosto corar entao parei... Ele levou a outra mao e a colocou sob o cacao, senti vonta de puxar para olha, sei que ele deixaria, mas nao o fiz, fiquei olha porcima, umaginando como seria toca-lo diratamente, senti calor, ele ficou acertando a posicao do pau ate ficar o volume bem discreto e se levantou, me deixando sozinha. Fiquei curiosa, fui atraz dele minutos depois, o encontrei fora de casa dentro de um pequeno deposito, e o surpreendi massageando de pau, ele se assustou, mas logo olhou para mim e perguntou porque o segui, eu sorri e disse que queria ver o que ia fazer, entao ele disse - voce sabe o que é punhada?- eu corei, senti meu rosto queimar, mas, respondi- o que é?_ menti- sabia o que e punhenta, mas nao sabia o que acontesse no final - entao ele falou - quando mexeu no meu pau na sala fiquei com vontade de bater punheta, mas como veio aqui no posso continuar... Perguntei - porque nao? _ ele - voce ia me ver pelado - eu - e dai, nao posso te ver pelado, ja o vi tatas vezez pelas greta o baneiro... Agora me mostra como e essa punheta... Me aproximei e sentei em um baquinho a quinze centimetros de onde ele estava em, pe
E falei estava esperando, ele exitou entao eu coloquei a mao na bainha do calcao e puxei com forca para baixo o dexando nu, sepau ficou bacando proximo a meu rosto, vi detales que de longe nao vira, por algum motivo que nao soube esplicar sorri, e vi seu pau enrrigecendo e crescendo, parecia estar pulsando, ele corou e asustado perguntou o que eu estava fazendo, disse entao estava curiosa para ver su pau de pertnho, ele nao puxou seu calcao para cima, entao eu o puxei ainda mais para baixo, falande tinha visto ele fazendo uma coisa no banho o o pau e que queria que fizesse agora para mim ver, vai fazer, entao ele falou que aqui era punheta, eu perguntei o que acontesse no final ele respondeu, na final eu gozo um monte porra... Entao quero ver, pode bater para mim ver, nao eledisse alguem pode chegar, e disse entao que no dia seguinte o chamari ele concordou...

natacha

Local onde aconteceu:
Minha casa

Sexo:
Feminino

Idade em que aconteceu:
11